Home / Aconselhamento Filosófico / Caminhos e Desafios do Aconselhamento Filosófico no Brasil – Parte 1

Caminhos e Desafios do Aconselhamento Filosófico no Brasil – Parte 1

renato-jorgeCaminhos e Desafios do Aconselhamento Filosófico no Brasil a partir da experiência em Portugal.
Entrevista com o Doutor Jorge Humberto Dias

Em outubro de 2015, pouco antes de concluir o curso de pós-graduação em Aconselhamento Filosófico no Brasil e iniciar o projeto Oficina Filosófica, comecei um trabalho de investigação sobre os caminhos e desafios para esse movimento no Brasil a partir da experiência portuguesa. As informações foram obtidas através do trabalho de campo realizado com filósofos portugueses que pertencem ao movimento da prática filosófica em Portugal.

Uma das entrevistas ocorreu na Universidade Católica Portuguesa, onde me reuni com o Doutor Jorge Humberto Dias, percursor do movimento em Portugal, diretor do Gabinete PROJECT@ e Coordenador da Linha de Investigação em Filosofia Aplicada na Universidade Católica Portuguesa, faz parte do Conselho Científico da HASER – Revista Internacional de Filosofia Aplicada (Espanha). Possui diversos artigos científicos e autor de livros sobre a Filosofia Aplicada. (leia mais)

O objetivo da entrevista foi esclarecer alguns aspectos que eu acredito serem importantes para o movimento de Aconselhamento Filosófico no Brasil, questões como: As principais motivações: pessoais e profissionais que o fez adotar a Filosofia como pratica para ajudar as pessoas a resolverem “problemas”; As motivações profissionais e o apoio das Universidades para esse movimento.

A entrevista ocorreu de forma clara e objetiva, as questões colocadas para o Dr. Jorge e as respostas dados por ele, transformaram o conteúdo da entrevista numa conversa franca sobre vários aspectos do Aconselhamento Filosófico. Além dos fatores motivacionais, falamos sobre a formação necessária para o exercício do AF, os desafios para a prática do AF; Sobre as denominações de “Conselheiro”, “Cliente” e outras; Viabilidade financeira; Diferença do AF e demais terapias comportamentais e por fim o crescimento mundial do AF.

No vídeo abaixo, vocês poderão analisar e entender melhor como o exercício da Filosofia pode trazer uma nova percepção de mundo e colaborar para as pessoas encontrarem um sentido para suas vidas que as tornem mais felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *